Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A mãe imperfeita

Porque a maternidade é difícil. E as mães precisam de rir.

A mãe imperfeita

Porque a maternidade é difícil. E as mães precisam de rir.

10
Nov18

Este é o Jornal Imperfeito #1

Vocês não sei, mas eu cá tenho andado a pensar que uma boa profissão para mim era ser deputada na Assembleia da República que aquilo, pelo que se tem visto ultimamente, é quase tão animado como os grupos de mães no Facebook. Se na semana passada só se falou na manicure da deputada Isabel Moreira, já esta semana as atenções recairam no Secretário Geral do PSD que, percebeu-se agora, partilha com Deus Nosso Senhor o dom da omnipresença. Olhem, eu confesso que começo a ter pena do desgraçado do Rui Rio que mais parece uma amiga minha que, por mais que a gente a avise, só se mete com gajos que não interessam nem ao menino Jesus. Coitado do homem pá... Primeiro foi o outro que aldrabou o currículo todo e até dizia que era professor numa universidade americana quando nem sequer sabe falar inglês e agora este que, por viver num tempo onde não existem programas para partilhas de ficheiros nem e-mails, teve que ceder a palavra passe do seu computador a uma colega que depois, completamente sem querer, validou a presença do senhor no parlamento em dias em que o dito cujo nem lá calçou a botinha. Só chatices, é o que é.

 

Enfim, vamos mas é às notícias que interessam de verdade.

 

1. Chamem o PAN porra

Pois que a ministra da cultura disse no parlamento que a tauromaquia não é uma questão de gosto mas de civilização e Portugal dividiu-se. De um lado os anti-tourada aplaudiram, do outro os pró-tourada condenaram. E falaram, falaram, falaram. Mas onde é que está esta gente toda a opinar quando o tema realmente importa, senhores?

3.png

Pois que a querida Heidinha não esteve cá com meias medidas e vá de botar no seu Instagram uma fotografia onde está feliz da vida a ordenhar uma égua e a beber directamente o leite. E houve logo forte indignação, que diz que aquilo era grande nojice e não sei quê, mas agora pergunto eu: as pessoas por acaso sabem se ela é intolerante à proteína do leite de vaca? Ah pois. Quer dizer, os outros que bebem aquelas águas esbranquiçadas e que lhes chamam leite de soja e de amêndoa já podem; a Heidinha que encontrou uma via alternativa é que não. Olhem , pois eu cá vos digo, se é por beber das tetas da égua que elá está com aquele ar podem já mandar vir uma palete daquilo cá para casa que eu bebo também. 

 

 

2. Isto é tudo família

Outra notícia interessante da semana foi a de que Melania Trump abrasou 83 mil euros em seis horas no Cairo. E tudo bem que não foi em lojas de chineses mas vocês não estão a notar aqui semelhanças com ninguém? Ora pensem lá bem... É que até na escolha do marido foram parecidas e acabaram as duas casadas com pessoas com doença psiquiátrica comprovada.

 

Amigas, a Europa é uma ervilha e da Eslovénia à Pena são pouco mais de vinte horas de autocarro.

Chamem lá a Maria Leal que está na hora de a apresentarmos à prima. 

4.png

 

3. E por falar em Maria Leal...

2.png

Então e esta jóia de moço, não conhecem? Pronto, então eu apresento. Parece que é um rapazito que gostava muito de ser cantor e que, apesar de ser gay, achou que a maneira mais rápida de atingir o estrelato era namorar com a Maria Leal. Só vos digo uma coisa: o Carlos Castro morreu em vão, foda-se. É que esta gente não aprendeu nadinha. 

 

Pronto, pois que parece que o rapaz quer ser conhecido à força e vai daí de que é que se lembrou? De simular a própria morte, pois claro, afinal quem é que não faria o mesmo? E olhem que a coisa até foi relativamente bem feita. Pois que o namorado entrou na conta do pseudo-defunto no Instagram e botou lá o anúncio de que a pessoa tinha quinado com hepatite e um bonito vídeo de homenagem. Ficou lá um bocadinho a receber condolências e isso e depois o morto, que afinal estava vivo, veio dizer "malta, era tudo brincadeirinha para aumentar o número de seguidores nas redes sociais que eu nem sequer tenho hepatite nem nada." 

Só vos digo: que pena o tipo ser gay... É que se não fosse por isso a relação dele com a Maria Leal tinha tudo para dar certo. Nos esquemas e na inteligência está visto que são almas gémeas.

 

 

4. Qual Kardashian qual quê

E a indignação mundial com as manas Kardashian mais novas que com tanta mexida pelo cirurgião plástico passaram de duas bonitas miúdas a duas bonecas insufláveis? Mas agora pergunto eu: então e do Carlos Costa, ninguém fala porquê?

5.png

Não me digam que só por ser português não vai ver louvado o seu esforço para tornar a expressão do rosto compatível com o interior da caixa craniana? (Que bonito pendant que agora fazem assim ambas vazias...)

 

 

5. Palavras para quê? É um artista português

E finalmente deixem-me dizer que não me conformo com a falta de destaque que teve aquela que, para mim, é a melhor notícia da semana:

Sem Título.png

Então a gente tem um actor a brilhar lá fora e a notícia passa assim quase despercebida? Mas não desesperem amigas, eu conto-vos tudo. Parece que este moço, Duarte de seu nome, tinha um perfil numa rede social qualquer onde se chamava Ana e depois metia-se com os bifes, mandava umas fotos que arranjou online e combinava uma sessão de sexo escaldante para selar os ditos bifinhos como deve ser. A condição era só uma: tinham que estar de olhos vendados. E eles aceitavam, que é só o mais bizarro de tudo. Quem é que aceita ir pinar com um desconhecido, para uma casa que nunca viu e, ainda por cima, de venda nos olhos? Só por isto não consigo ter pena do inglês que diz que agora sofre de distúrbio pós traumático porque a meio da papa miluvite sentiu uma horta no que devia ser um campo relvado e arrancou a venda. Nem do outro que diz que a meio do sexo oral parece que sentiu qualquer coisa a arranhar e vai-se a ver e era uma barba rija. 

 

E pronto, para a semana, se quiserem, marcamos encontro outra vez. É que alguém tem que trazer para a ribalta a informação que realmente importa. Cá agora merdas de economia e eleições e o diabo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.