Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A mãe imperfeita

Porque a maternidade é difícil. E as mães precisam de rir.

A mãe imperfeita

Porque a maternidade é difícil. E as mães precisam de rir.

20
Set21

Grupos de mães no Facebook #156

Saúl.png

 

Sabem aqueles dias em que corremos de um lado para o outro, não descansamos absolutamente nada e, quando nos damos conta, a nossa produtividade andou a rondar o zero? Pronto, o meu dia foi assim. Mas escrevi uma edição dos grupos de mães, vá.

 

 

1. Meninas, fiz um teste de gravidez hoje, deu positivo. Tenho um bebé com oito meses e dez dias. Acham que este resultado ainda é da última gravidez?

 

Exacto. É o chamado teste com retroactivos.

 

 

 

2. Boa tarde, mães lindas. Jardineiro ao domicílio, têm contacto?

 

Não. Mas conheço um onde podes levar a relva e as árvores de fruto para ele dar um jeitinho.

 

 

 

3. Bom dia. Alguma mãe sabe de um sicólogo infantil?

 

Enso que não. Orque é que não experimentas erguntar no teu Centro de Saúde?

 

 

 

4. Meninas, vim dar uma dica para deixar o boy louco. O meu marido adora chocolate, por isso eu enfio na beyonceta uma barrinha e deixo lá enquanto fico na pegação. Com o calor o chocolate vai derretendo e o boy cai de boca. Ele só gosta de fazer isso com algum sabor, eu já fiz com leite condensado, com alho refogado e agora é com o chocolate. Super recomendo.

 

Olhem lá, fui só eu a encravar na parte do alho refogado?

 

(Mas, pensando bem, já o pequeno Saúl cantava que o bacalhau quer alho…)

 

 

 

5. Meninas, o pénis do meu marido começou com um cheiro muito estranho ultimamente, parece peixe podre. Já comprámos um gel de banho apropriado, já está a usar roupa interior de algodão e não sei que mais podemos fazer. Alguém tem ideias?

 

Ora pois que se eu vivesse

Com um pénis a apodrecer

A primeira coisa que fazia

Era vir para a net escrever.

 

É que nem tentava saber

Qual era a causa do mal

E nem me discorria

Levar o homem ao hospital.

 

Porque toda a gente sabe

Que uma pila em putrefacção

É uma coisa saudável

Um pénis de campeão.

 

E é em casa que estamos bem

Coladinhas ao computador

A aguentar o malcheiroso

Em grande prova de amor.

 

E se por acaso a pila

Apodrecer e cair do mal

É organizar com classe

Um bonito funeral.
 

Vais tu vestida de preto

E o homem a chorar aos ais

Porque pinar é coisa linda

Que ele não terá nunca mais.

 

 

 

6. Estou a um mês do nascimento do meu bebé e ontem tive relações sexuais com o meu marido, mas o preservativo ficou preso dentro de mim. Devo tomar a pílula do dia seguinte?

 

A não ser que sejas uma matrioska e faças filhos uns dentro dos outros não estou mesmo a ver a utilidade de um contraceptivo na tua situação. Mas admito, claro que admito, que o problema pode ser meu.

 

 

 

7. O que é que vocês fizeram para engravidar?

 

Amiga, se temos de explicar isto é sinal que, se calhar, ainda não estás em condições de ser mãe. Deixa-te ficar com a história da sementinha, ok?

 

(O quê? Ainda estavas na fase da cegonha? Ups…)

 

 

 

8. Mamãs, o meu filho tem uma cobrinha estranha, como se estivesse partida ao meio e com duas cabecinhas. Mesmo a urinar parece muito estranho. Já alguém ouviu falar nisto?

 

O Dumbledore já deve ter ouvido. Cobra com duas cabeças tem todo o ar de ser um horcruxe do Voldemort.

 

(Os médicos, porra. Os médicos já ouviram falar disso. Os médicos já ouviram falar de muita coisa, quando é que vocês se capacitam disso?)

 

 

 

9. Meninas, o que acham do nome Monalyysa para menina?

 

É um dom que esta gente tem, não é? Até uma merda clássica do renascimento italiano elas conseguem transformar em nome de bailarina do José Malhoa.

 

 

 

10. Manas, o boy pediu anal e eu devo ter feito má expressão porque ele começou a dizer “estás a fazer essa cara porquê?”. Eu disse que não estava a fazer nenhuma cara, ele disse que era mentira e discutimos. Desde aí não mandou texto nem ligou. O que posso fazer agora?

 

Agora não sei. Mas na altura acho que não devias ter mentido e, quando ele te perguntou porque é que estavas a fazer essa cara, devias ter respondido: “não querias anal? Então toma lá uma cara de cu!”.

 

 

 

*Imagem do pequeno Saúl retirada do Google

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2